Mistau - Museu da Imagem e do Som de Taubaté

Mistau - Museu da Imagem e do Som de Taubaté Página Oficial do Museu da Imagem e do Som de Taubaté
(52)

23/04/2019 - Hoje aconteceu no MISTAU a palestra do crítico de cinema Cássio Starling, com o tema: A VIDA SECRETA DAS ...
23/04/2019

23/04/2019 - Hoje aconteceu no MISTAU a palestra do crítico de cinema Cássio Starling, com o tema: A VIDA SECRETA DAS SÉRIES EM TV, numa parceria com o MIS/SP.
Agradecimentos especiais ao Luiz Carlos Batista, grande parceiro, e ao AMETRA II.
Realização: PMT/SETUC.
Seguem as fotos:

21/04/2019
Cassio Starling - A vida secreta das séries de TV

https://www.youtube.com/watch?v=0fc1ZTsOuB0
Pontos MIS apresenta: CÁSSIO STARLING (crítico de cinema), com a palestra:
"A VIDA SECRETA DAS SÉRIES DE TV"
Como as séries de TV nos deixam tão viciados? Como as histórias são construídas e desenvolvidas para durar uma ou várias temporadas? Quais são as principais diferenças entre series cômicas e dramáticas, entre as tramas policiais e as de terror? O que os novos formatos têm mesmo de revolucionário? A palestra vai contar os segredos dessa mania que atrai cada vez mais público e que vem alterando rapidamente os modos tradicionais de fazer e de ver TV. Escolha sua série favorita e venha conversar sobre ela conosco!

No MISTAU, dia 23/04 - terça feira, das 13 às 17 horas.
Avenida Thomé Portes Del Rey, 761, Jd. Ana Emília.
Realização: PMT/SETUC/MIS-SP

Como as séries de TV nos deixam tão viciados? Como as histórias são construídas e desenvolvidas para durar uma ou várias temporadas? Quais são as principais ...

18/04/2019 - Carteira de Jornalista de Monteiro Lobato.Você sabia que...No dia 12 de novembro de 1912, o jornal "O Esta...
18/04/2019

18/04/2019 - Carteira de Jornalista de Monteiro Lobato.
Você sabia que...
No dia 12 de novembro de 1912, o jornal "O Estado de São Paulo" publicou uma carta de Lobato enviada à redação, intitulada "Velha Praga", onde ele destacou a ignorância do caboclo, criticando as queimadas e que a miséria tornava incapaz o desenvolvimento da agricultura na região. Sua carta foi publicada e causou grande polêmica. Mais tarde, publicou novo artigo "Urupês", onde aparece pela primeira vez o personagem "Jeca Tatu".

17/04/2019 - Juca lendo o testamento de Judas Iscariotes, entre garotos, antes da Malhação.QUEM FOI JUCA TELES: Juca, ...
17/04/2019

17/04/2019 - Juca lendo o testamento de Judas Iscariotes, entre garotos, antes da Malhação.
QUEM FOI JUCA TELES: Juca, o orador, é Benedito de Souza Pinto, ou o Pinto, ou Major Pinto, ou Nhô Juca Teles do Sertão das Cotias, foi uns dos mais importantes artistas do povo que São Luiz do Paraitinga já produziu. Amigo e informante do escritor Alceu Maynard de Araújo, que obteve preciosas informações sobre a cultura da cidade através do "Dito Pinto" e pode desenvolver vários livros com uma contribuição importantíssima para a cultura nacional.
Dito Pinto nasceu em 07/10/1888 e faleceu em 18/11/1962.
Após a sua morte, caiu em completo ostracismo. Sua inesquecível casa de 3 portas sem janela, na Rua do Carvalho, foi posta ao chão, assim como a sua biblioteca com um farto acervo de livros e escritas, misturados com casa de João-de-Barro (passarinho). Desapareceu do dia para a noite. Esquecido por completo da memória do cenário luisense, seus resquícios se apagaram até...
21 ANOS DEPOIS...
Bem, uma trupe de amigos encabeçados por Benito, Nilson e Ciça o tiraram do anonimato e criaram o Bloco Juca Teles do Sertão das Cotias.
Depois vieram outros Jucatelianos importantíssimos construindo esta história de sucesso, cada um com seu papel e entusiasmo como Marco R. Branco & Galvão Frade (letra e música); Haydê Maria, Kika (trombone); Ilka (médica); Luis Egito (que fez um brilhante discurso na 1ª saída do Bloco em homenagem ao Juca, simbolicamente, onde existiu a casa do poeta); Porva e João Boy artesões e loucos como só.
Depois, mais para a frente, Décio Campos, Thar, Marquinho Camargo (piston), Menga, Xiniquinha, Lana do Pio, Forlan, Di Toledo, Mingo Sávio, Cris e Kaú Chiste, Décinho e André (sobrinhos), Tana e meu filho Netto Campos, e de 10 anos para cá Suzana Salles, Tânia Moradei e Parê ícones do carnaval de São Luiz e vozes que dão mais luz ao Juca e ao carnaval.
Não poderia esquecer de citar aqui "o Anjo da Guarda" do Juca Teles o Jucateliano e grande amigo Zé Roberto Schmidt, Helvécio Santos Pinto, sobrinho do Juca e tantas outras pessoas, que entendendo a mensagem do bloco de que "a vida é para ser festejada", se conjugam em entusiasmo e numa corrente cada vez mais forte levando ao encontro de gerações o entendimento da alegria.
FUNDAÇÃO DO BLOCO:
Foi criado no carnaval de 1983, com 4 pequenos bonecos. Um é a figura do próprio Juca Teles e sua companheira e musa inspiradora Dona Nhá Fabiana.
São seguidos por seus amigos Zé Barrica e Nhá Filó.
As confecções destes bonecos foram produzidos na época por Benito, Nilson Lopes e Ciça.
O Bloco foi criado com a intenção de dar identidade para o carnaval da cidade, buscando na cultura local a sua verve e semente e bandejamento as novas gerações o inusitado personagem luisense para abrir efetivamente hoje a grandiosa festa de Momo, de tão salutar espírito festivo. O nome Juca Teles do Sertão das Cotias é o pseudônimo artístico de Benedito de Souza Pinto que quando se transformava no personagem, produzia a dança de caiapó, soltava o casal de gigantes festivos João Paulino e Maria Angú durante a festa do Divino: na Semana Santa, no sábado de Aleluia, fazia uma inimitável Malhação de Judas, com um testamento satírico de grande sucesso para a ocasião. Vestia-se com uma cartola, casaca, gravata, calça, indumentária essa toda preta, somente a camisa era branca; andava descalço ou de tamanco.
Aí não era mais o oficial de Justiça, mas sim o festivo personagem "Juca Teles", que a garotada adorava.
Juca gerou contradições por ser quem era, pois o preconceito contra artista era muito forte. A criação deste personagem por parte de Benedito de Souza Pinto, que era um incosteste artista, pode-se dizer que se deve a sua auto defesa, pois castradores daquela ocasião diziam que ele era um louco e um vagal. Puro preconceito, mas a sua garra artística para a felicidade de todos sobressaiu e a cidade compreendeu e pode usufruir com muita alegria, por várias gerações, dessa deliciosa figura. O Bloco, intencionalmente, além de buscar um caminho alternativo para o carnaval de São Luíz do Paraitinga, carrega consigo conscientemente como objetivo principal o resgate da imagem desta figura esplendorosa, mostrando às novas gerações, a importância do mesmo para a memória e a tradição da cidade, não nos esquecendo de que alguns o consideravam parceiro da extravagância e do exótico, colocando em dúvida sua condição mental. Mas, Benedito de Souza Pinto sempre se mostrou muito inteligente, com uma redação brilhante e criativa e possuía um senso de narração dos mais desenvolvidos; nas intimações que fazia para o Juizado da época, ficaram registradas pitorescas escritas e dizem, que percorrendo as ruas e estradas da cidade e município como Oficial de Justiça, possuía um caderno particular onde descrevia as cenas bucólicas por onde, a pé ou a cavalo passava.
Figura simpaticíssima e tomada de uma bondade imensa, tornou-se pai e mãe dos pobres e sua casa recebia quase que diariamente uma dezena deles, e também de roceiros que nunca saiam de sua casa sem tomar o seu "café com queijo".
INFORMAÇÕES DE ALCEU MAYNARD:
"O Correio Folclórico" apresentará sempre que seja possível esta coluna, onde registraremos o nome dos informantes. Dois são os motivos que nos levaram a organizar esta "Galeria dos Informantes". O 1º é prestar nossa homenagem e assinalar nosso agradecimento ao patrício que tão gentilmente contribuiu para reconstituirmos o passado de sua terra natal, fornecendo-nos dados , acompanhando-nos, apresentando-nos, facilitando nosso "approach". O 2º motivo visa os demais estudantes de ciências sociais, porque poderão através destes informes, quando na cidade do homenageado, já encontrar um ponto de apoio, um "conhecido velho" apresentado pelo "Correio Paulistano". O nosso apresentado, que inaugura a "Galeria dos Informantes", é o senhor Benedito de Souza Pinto, da cidade de são Luiz do Paraitinga. Todas as vezes que estivemos na cidade natal de Oswaldo Cruz, colhemos preciosas informações com o "Major Pinto". E para que pudéssemos estabelecer uma mais perfeita abordagem dos pesquisadores, sempre recorremos aos préstimos do "Nhô Juca Teles do Sertão das Cotias", pseudônimo que usa para seus "pés-quebrados", versos com os quais satiriza por ocasião da Malhação de Judas, no Sábado de Aleluia. É o Major Pinto que escreve uma fina sátira política-moral atirada sobre o bode expiatório - O Judas Iscariotes.
Nasceu no dia 07/10/1888, na "Imperial Cidade" de São Luíz do Paraitinga. Aos 6 anos entrou para a escola e aos 7 ensinava os que sabiam menos, desempenhando o papel de "Decurião", muito usado naquela época para auxiliar o professor.
Aos 9 anos entrou para a Irmandade de São Benedito, foi coroinha e mais tarde sacristão.
Em 1908, deixou suas funções de sacristão, montando um armazém de secos e molhados. Foi sempre zelador da capela de Nossa Senhora das Mercês. Foi nessa igreja que Frei Antônio de Sant'Ana Galvão deixou impresso um de seus pés, sobre uma mesa tôsca.
Em 1912 foi nomeado Oficial de Justiça, cargo que exerce até hoje.
Em 1934 trabalhou no recenseamento desempenhando a contento tal trabalho dado o profundo conhecimento que tem do Município de São Luíz do Paraitinga. Substituiu por algum tempo, o agente do correio e também o 2º tabelião, servindo como auxiliar no Registro Civil.
Músico da Corporação Musical S.S. Sacramento sendo um dos esteios da sociedade artística. É irmão vicentino, congregado mariano, tesoureiro da Irmandade do S.S. Sacramento, secretário do Conselho Vicentino, tendo fundado pelo Município diversas "Conferências Vicentinas".
Sua predileção desde os 7 anos, foi velório. De fato, o senhor Pinto é o "capelão" mais procurado.
Capelão é o dirigente de uma reza de roça. São homens que se especializam em dirigir rezas, quer nos ofícios fúnebres ou rezas de dias festivos. Velam também por todos os ritos protetivos praticados pelos caboclos. É o capelão, conhecedor de um grande número de orações, e, geralmente é o benzedor, o curandeiro. Suas rezas curam certas doenças, quebrantos, mau olhado, dor de dentes, picada de cobra, etc...
Fontes: Helvécio dos Santos Pinto, sobrinho de Juca Teles.
Jornal "Correio Folclórico"

11/04/2019 - Monteiro Lobato em 1924, portanto com 42 anos de idade.Alberto Conte no livro: Monteiro Lobato: o homem e a...
11/04/2019

11/04/2019 - Monteiro Lobato em 1924, portanto com 42 anos de idade.
Alberto Conte no livro: Monteiro Lobato: o homem e a obra, de 1948, assim descreve Lobato
Estatura mediana. Compleição do tronco pouco desenvolvida. Peito chato. Ombros quase horizontais. Moreno, cor de hindu ou de sírio. Testa de altura comum, com sobrancelhas negras, cerradas, largas e inteiramente juntadas e confundidas na região da origem do nariz, de sorte a constituírem uma única faixa escura, como se fossem dois circunflexos ligados. Cabelo grisalho, penteado todo para cima, sem risca, a lhe cair, às vezes, de lado, sobre a testa.
Olhos pretos e brilhantes, embora seja o olhar um tanto meigo e bondoso - olhar "mortero"...como diz o nosso caboclo.
Olheiras mais escuras, de vinco pronunciado, e malares um tanto salientes.
Rosto curto. Nariz igualmente curto, afilado em cima, levemente nodulado em curva e alteado na ponta.
Narinas bem modeladas, de vinco fundo e abertura ampla e arredondada.
Das asas do nariz descem dois sulcos abaixo das comissuras da boca, das quais passam ao lado, como dois parênteses.
Boca bem feita, enérgica. Lábio superior fino e o inferior muito bem recortado.
Bigode triangular, raspado sobre os cantos da boca.
Queixo entre reto e arredondado.
O andar é cadenciado num movimento ântero-posterior das espáduas.
Na rua, vai andando sem olhar os lados, e ou olha para a frente, ou olha para o chão, o que é mais comum, e sempre com aquele ar de constante e permanente meditação.
O todo de sua fisionomia exprime, a um tempo, energia, franqueza, lealdade...e uma extrema bondade.
Seu olhar é firme e franco.
Lobato não é nem feio nem bonito, mas transborda simpatia.
É simpaticíssimo. Não há quem não sinta, logo ao conhecê-lo, um forte desejo de tornar-se seu amigo, de conservá-lo com assiduidade e fazer-se um íntimo.

Essa é a arte de divulgação de nossa próxima exposição com inauguração amanhã (12/04), intitulada "Pincelando L...
11/04/2019

Essa é a arte de divulgação de nossa próxima exposição com inauguração amanhã (12/04), intitulada "Pincelando Lobato", por Júlio Scarpelli (fotógrafo profissional). Estaremos mostrando outras faces de Lobato como artista plástico e fotógrafo. A mostra ficará no salão expositivo do MISTAU até 10/05. Prestigiem!

Hoje, 02/04/2019, recebemos a visita da menininha Ágata e sua mãe Juliana, para quem exibimos nosso espaço/acervo.Con...
02/04/2019

Hoje, 02/04/2019, recebemos a visita da menininha Ágata e sua mãe Juliana, para quem exibimos nosso espaço/acervo.
Convidamos a todos para vir até nossas dependências visitar nossas exposições permanentes, a Sala Anacleto Rosas Jr. e a Exposição: Mulheres Taubateanas - Pioneirismo e Sensibilidade.

01/04/2019

01/04/2019 - MISTAU apresenta vídeo sobre a "Capela do Pilar", "Projeto AMOR À TERRA", produzido em Abril de 2000, com narração de Silva Neto, tendo na época, como Diretora da Área de Cultura da PMT, a senhora Conceição Molinaro.
Segue o vídeo:

28/03/2019 - Hoje recebemos a visita dos alunos da Escola Anglo Taubaté, sito a Rua Barão da Pedra Negra, 209. Os alun...
28/03/2019

28/03/2019 - Hoje recebemos a visita dos alunos da Escola Anglo Taubaté, sito a Rua Barão da Pedra Negra, 209. Os alunos e professores estão de parabéns pelo comportamento admirável em nossas dependências.
Seguem as fotos:

28/03/2019 - No dia 22 p/p aconteceu no MISTAU a OFICINA DE DIREÇÃO CINEMATOGRÁFICA ARTÍSTICA com o Diretor de Fotog...
28/03/2019

28/03/2019 - No dia 22 p/p aconteceu no MISTAU a OFICINA DE DIREÇÃO CINEMATOGRÁFICA ARTÍSTICA com o Diretor de Fotografia LUAN CARDOSO em parceria com MIS/SP, PMT, SETUC.
Nossos agradecimentos a todos os envolvidos.
Seguem as fotos

Não percam o filme-documentário "Hebe Camargo - A Cantora do Rádio Paulista".Direção: Dimas Oliveira.Realização: ...
26/03/2019

Não percam o filme-documentário "Hebe Camargo - A Cantora do Rádio Paulista".
Direção: Dimas Oliveira.
Realização: da Oficina de Artes Rosina Pagan.
Projeto Audiovisual "Memórias: Velhos Nomes, Novos Talentos".
Dia: 27/03/2019 às 19:00 horas no MISTAU.
Avenida Thomé Portes Del Rey, 761, Jd. Ana Emília.
Prefeitura Municipal de Taubaté - SETUC.

25/03/2019 - Vista de região central de Taubaté onde se localiza a Igreja do Pilar, tendo a seu lado o prédio da anti...
25/03/2019

25/03/2019 - Vista de região central de Taubaté onde se localiza a Igreja do Pilar, tendo a seu lado o prédio da antigo Cine Odeon, hoje Lojas Americanas.
Destaque para a residência do senhor Wilson Abirached, no cruzamento das Ruas Marques do Herval com Jacques Felix - casarão à direita da foto. Em 1º plano, confluência das Ruas Visconde do Rio Branco com a Bispo Rodovalho.

07/03/2019 - OFICINA DE DIREÇÃO CINEMATOGRÁFICA ARTÍSTICA.Com o Diretor de Fotografia LUAN CARDOSOUma realização d...
07/03/2019

07/03/2019 - OFICINA DE DIREÇÃO CINEMATOGRÁFICA ARTÍSTICA.
Com o Diretor de Fotografia LUAN CARDOSO
Uma realização do PONTOS MIS no MISTAU (Museu da Imagem e do Som de Taubaté)
VAGAS LIMITADAS – OFICINA GRATUITA – COM ENTREGA DE CERTIFICADO
INSCRIÇÕES ATRAVÉS DO e-mail: [email protected], fornecendo nome, RG e contato.
Faixa etária: A partir de 16 anos
Duração: 4 horas
Data: 22 de Março (sexta-feira)
Horário: 13 as 17 horas
Você não pode perder essa oportunidade de estar nesta Oficina de Direção Cinematográfica Artística com o premiado Diretor de Fotografia LUAN CARDOSO (responsável pela criação do coletivo de cinema “Quixó Produções” fundado em 2010, desde lá, já realizou mais de 20 trabalhos como Diretor de Fotografia, dirigiu e fotografou 12 curtas, 8 clipes musicais, um documentário sobre o saudoso Cinema Belas Artes – “Cine Belas Artes – Consolação, 2423” – que foi selecionado para o festival de Cuba, e realizou a Produção e Direção Geral do média colaborativo “Críticos Momentos”).

07/03/2019 - Não percam a exibição do filme: Hebe Camargo - A cantora do Rádio Paulista. Direção: Dimas Oliveira.R...
07/03/2019

07/03/2019 - Não percam a exibição do filme: Hebe Camargo - A cantora do Rádio Paulista.
Direção: Dimas Oliveira.
Realização: Oficina de Artes Rosina Pagan.
Projeto Audiovisual Memórias: Velhos Nomes, Novos Talentos.
Dia 27/03 às 19 horas no Museu da Imagem e do Som de Taubaté - MISTAU.
Avenida Thomé Portes Del Rey, 761, Jd. Ana Emília.

's cover photo
06/03/2019

's cover photo

27/02/2019 - Bica do Bugre, na Rua Juca Esteves, 20.Data da foto: 1999.Crédito: Eduardo Santos.
27/02/2019

27/02/2019 - Bica do Bugre, na Rua Juca Esteves, 20.
Data da foto: 1999.
Crédito: Eduardo Santos.

25/02/2019 - Serviço de Jardinagem na Praça Santa Teresinha em 1974.
25/02/2019

25/02/2019 - Serviço de Jardinagem na Praça Santa Teresinha em 1974.

22/02/2019 - Acervo/descrição pesquisador Horton Cunha.Imagem capturada na inauguração das instalações da Rádio D...
22/02/2019

22/02/2019 - Acervo/descrição pesquisador Horton Cunha.
Imagem capturada na inauguração das instalações da Rádio Difusora Taubaté no edifício do Cine Odeon, na Rua Visconde do Rio Branco.
No destaque, a cantora Emilina Borba, convidada especial, o radialista Célio Moreira e o Conjunto Regional Difusora.

22/02/2019 - Nossa homenagem ao Coral Tabaeté (Coral da Dona Neide) se apresentando no Convento Santa Clara.
22/02/2019

22/02/2019 - Nossa homenagem ao Coral Tabaeté (Coral da Dona Neide) se apresentando no Convento Santa Clara.

20/02/2019 -  Hoje a equipe de reportagem da TV Band Vale esteve em nosso museu realizando uma matéria sobre nossa expo...
20/02/2019

20/02/2019 - Hoje a equipe de reportagem da TV Band Vale esteve em nosso museu realizando uma matéria sobre nossa exposição Crisante, o carnavalesco!, homenagem que realizamos sobre a vida e obra desse grande artista taubateano. Acompanhem a programação!
Seguem as fotos:

20/02/2019 - Acervo/descrição pesquisador Horton Cunha.O velho campo do bosque em 1950, destacando Gigi Giffoni (Palme...
20/02/2019

20/02/2019 - Acervo/descrição pesquisador Horton Cunha.
O velho campo do bosque em 1950, destacando Gigi Giffoni (Palmeirinha) e Mazzanti Camilher (Juvenil do Esporte Clube Taubaté).

18/02/2019 - Acervo/descrição: pesquisador Horton Cunha.Palestra Brasil Futebol Clube, campeão amador de Taubaté em ...
18/02/2019

18/02/2019 - Acervo/descrição: pesquisador Horton Cunha.
Palestra Brasil Futebol Clube, campeão amador de Taubaté em 1965.

Endereço

Avenida Tomé Portes Del Rei, 761, Jardim Ana Emília
Taubaté, SP
12070610

Horário de Funcionamento

Terça-feira 13:00 - 17:00
Terça-feira 08:00 - 12:00
Quarta-feira 13:00 - 17:00
Quarta-feira 08:00 - 12:00
Quinta-feira 13:00 - 17:00
Quinta-feira 08:00 - 12:00
Sexta-feira 13:00 - 17:00
Sexta-feira 08:00 - 12:00

Telefone

1236313955

Notificações

Seja o primeiro recebendo as novidades e nos deixe lhe enviar um e-mail quando Mistau - Museu da Imagem e do Som de Taubaté posta notícias e promoções. Seu endereço de e-mail não será usado com qualquer outro objetivo, e pode cancelar a inscrição em qualquer momento.

Entre Em Contato Com O Museu

Envie uma mensagem para Mistau - Museu da Imagem e do Som de Taubaté:

Vídeos

Categoria

Museus nas proximidades


Outra Museus de história em Taubaté

Mostrar Tudo