Área de Museus, Patrimônio e Arquivo Histórico

O Museu Histórico Prof Paulo Camilher Florençano reaberto no dia 14 de Dezembro, tem um enorme prazer em convida -los ...
18/12/2018

O Museu Histórico Prof Paulo Camilher Florençano reaberto no dia 14 de Dezembro, tem um enorme prazer em convida -los para uma visita.
Atendimento de segunda a sexta-feira das 08:00 as 17:00, sábado e domingo das 09:00 as 13:00.
Fotos por: Márcio Carneiro.

07/12/2018
Feliz aniversário Taubaté!  373 anos de muita História! Ilustração:  capa do livro "Ecos de minha vida" de Benedict...
04/12/2018

Feliz aniversário Taubaté! 373 anos de muita História!
Ilustração: capa do livro "Ecos de minha vida" de Benedicto Numes de Assis. Desenho de Paulo Camilher Florençano.

23/11/2018
Obra de Elifas Andreato Restaurada! Breve será exposta no Museu Histórico  de Taubaté.Foto: Márcio Carneiro
30/10/2018

Obra de Elifas Andreato Restaurada!
Breve será exposta no Museu Histórico de Taubaté.
Foto: Márcio Carneiro

Aconteceu neste último sábado, 20/10, uma missa em memória ao pintor Clodomiro Amazonas no Convento Santa Clara e ver...
25/10/2018

Aconteceu neste último sábado, 20/10, uma missa em memória ao pintor Clodomiro Amazonas no Convento Santa Clara e vernissage no Museu da Imagem e do Som de Taubaté.

Estão todos convidados!
11/10/2018

Estão todos convidados!

No dia 25 de setembro de 2018 ocorreu no Museu Histórico "Prof. Paulo Camilher Florençano" , um curso de capacitação...
26/09/2018

No dia 25 de setembro de 2018 ocorreu no Museu Histórico "Prof. Paulo Camilher Florençano" , um curso de capacitação ministrado pela supervisora técnica do Arquivo Histórico. "Felix Guisard Filho", Amanda Monteiro, com o intuito de passar conhecimentos sobre normas de conduta, teorias e práticas relacionadas ao manuseio de documentos históricos que se encontram no arquivo, aos funcionários e estagiários que nele desempenham uma função.

Estão todos convidados! #caminhadapelopatrimoniohistoricoeculturaldetaubate
18/09/2018

Estão todos convidados! #caminhadapelopatrimoniohistoricoeculturaldetaubate

17/09/2018
12/09/2018
03/09/2018
08/08/2018

COMUNICADO
A Secretaria de Turismo e Cultura e Área de Museus, Patrimônio e Arquivo Histórico comunicam que a Sede da Área de Museus (compreendendo o Museu Histórico Paulo Camilher Florençano, a Pinacoteca Anderson Fabiano, o Arquivo Histórico Felix Guisard Filho e a Biblioteca Maria Morgado de Abreu) encontra-se em obras de reforma a partir do dia 09/08/2018. Prazo estimado das obras: 45 dias.
Expediente Administrativo através do telefone (12) 3621-6044 e (12) 3625-5059 ou Secretaria de Turismo e Cultura (12) 3621-6040

A Música no Romantismo
01/08/2018

A Música no Romantismo

14/07/2018
20/07/2018

14/07/2018

Participe você também.
19/07/2018

Participe você também.

Série In Concert - Sábado 07/07/2018
12/07/2018

Série In Concert - Sábado 07/07/2018

05/07/2018
Vista aérea dos prédios da Área de Museus e Mistau. Foto: Márcio Carneiro
28/06/2018

Vista aérea dos prédios da Área de Museus e Mistau.
Foto: Márcio Carneiro

Concerto de abertura
26/06/2018

Concerto de abertura

Dançando no museu
20/06/2018

Dançando no museu

19/06/2018
Área de Museus, Patrimônio e Arquivo Histórico
15/06/2018

Área de Museus, Patrimônio e Arquivo Histórico

Do Gesto à Cor: A Poética da criação do visível
15/06/2018

Do Gesto à Cor: A Poética da criação do visível

12/06/2018
Vozes do Passado - Testamento de Paula Fernandes - s/d anterior a 1670

Os documentos registraram o cotidiano, os costumes, os desejos de pessoas que viveram antes de nós. Guardados em Arquivos Históricos, eles estão “silenciados”, esperando por algum pesquisador que queira “dar voz” a esses personagens da História.

Inspirados no Projeto “Cartas de arquivo”, do Arquivo Nacional, o Arquivo Histórico Municipal de Taubaté Felix Guisard Filho, pretende dar “voz” a esses documentos, com o lançamento do projeto “Vozes do Passado”, em parceria com a Oficina de Teatro do Centro Cultural Toninho Mendes, de Taubaté. Trata-se de uma leitura dramatizada, de documentos pertencentes ao arquivo.

Esse projeto visa difundir parte de seu acervo documental, apresentando documentos com datas, conteúdos e objetivos diferentes, fazendo com que a comunidade conheça, e consequentemente, desperte o interesse e incentive a busca às fontes e a pesquisa.

Testamento s/d – Testadora: Paula Fernandes
Paula Fernandes estava doente à época em que foi redigido seu testamento. Feito aparentemente às pressas, com palavras breves, sendo identificado apenas como apontamento e, no final, como codicilo, assinado por Manoel Fernandes Edra. Não há registro sobre sua naturalidade e sua inventariante era a mãe, Beatriz de Edra. Seu marido chamava-se Antonio Luis Carneiro (Grou), que estava ausente quando o testamento foi escrito e teve os seguintes filhos: João, Jaques, Maria e Estacia (Estaciana). O irmão de Paula Fernandes chamava-se João Lopes e era curador de seus filhos enquanto o marido estava ausente. Seu inventário é datado de 1670.
A partir do nome da mãe, encontraram-se em Sette e Junqueira (2004), indícios do que poderia ser a família de Paula Fernandes.

Beatriz de Edra era filha de Paula Fernandes e Jorge de Edra, moradores da Vila de São Paulo. Jorge de Edra morreu em 1647 e Paula em 1648, deixando inventário e testamento, com trechos publicados no mesmo site. Em 1648, Beatriz de Edra e seu marido Gonçalo ou Manoel Lopes estavam ausentes para Taubaté.

Segundo o levantamento genealógico feito no arquivo histórico, Jorge Lopes, falecido em 1651, também é irmão de Paula.
Manoel Fernandes Edra, que escreveu seu testamento, era seu primo-irmão, pois sua mãe Beatriz de Edra era irmã da mãe de Manoel, Maria de Freitas.
Manoel Fernandes Edra, era pai de Salvador Fernandes Furtado de Mendonça, considerado o fundador de Minas Gerais, por descobrir ouro naquele local.

12/06/2018
Vozes do Passado - Carta de Manoel de Góis da Costa

Os documentos registraram o cotidiano, os costumes, os desejos de pessoas que viveram antes de nós. Guardados em Arquivos Históricos, eles estão “silenciados”, esperando por algum pesquisador que queira “dar voz” a esses personagens da História.

Inspirados no Projeto “Cartas de arquivo”, do Arquivo Nacional, o Arquivo Histórico Municipal de Taubaté Felix Guisard Filho, pretende dar “voz” a esses documentos, com o lançamento do projeto “Vozes do Passado”, em parceria com TV Unitau e a Oficina de Teatro do Centro Cultural Toninho Mendes, de Taubaté. Trata-se de uma leitura dramatizada, de documentos pertencentes ao arquivo.

Esse projeto visa difundir parte de seu acervo documental, apresentando documentos com datas, conteúdos e objetivos diferentes, fazendo com que a comunidade conheça, e consequentemente, desperte o interesse e incentive a busca às fontes e a pesquisa.

Carta de Manoel de Góis da Costa – 1700
Manoel de góis da Costa nasceu em Taubaté em 1646 e morreu em 1721. Casou-se com Maria de Unhate Madurga e com ela teve um filho, Domingos Machado, ambos citados na carta.
Com o falecimento da esposa, em 1700, casou-se novamente, com Ana Maria Ferreira, com quem teve três filhos. Manoel era sertanista, apresava índios e tinha o intuito de encontrar ouro nas Minas. Em sua carta, faz alusão ao encontro de um “pinta”, o que depois do falecimento de Maria de Unhate levou João Machado, seu sogro, a apresentar à Justiça um “Protesto e Requerimento”, levantando dúvidas quanto à declaração de bens feita por ele – por isso a carta foi anexado ao processo. N inventário do sertanista não foram arrolados propriedades ou bens no “povoado das Minas”.

Palavras desconhecidas, escrita na carta:
Lacrimal: olho d'agua conhecido também como nascente, é uma fonte ou mina de água
Pinta: Amostra de jazida aurífera
Oitava: Unidade monetária utilizada no período
Relancear: Olhar rapidamente, de relance.

12/06/2018
Oficina "O uso de documentos de arquivo na pesquisa histórica"
10/06/2018

Oficina "O uso de documentos de arquivo na pesquisa histórica"

Comunicamos o CANCELAMENTO do evento de hoje, por motivo de falta de energia.
07/06/2018

Comunicamos o CANCELAMENTO do evento de hoje, por motivo de falta de energia.

Vídeo institucional - Projeto Vozes do Passado. Os documentos registraram o cotidiano, os costumes, os desejos de pessoas que viveram antes de nós. Guardados em Arquivos Históricos, eles estão “silenciados”, esperando por algum pesquisador que queira “dar voz” a esses personagens da História.
Inspirados no Projeto “Cartas de arquivo”, do Arquivo Nacional, o Arquivo Histórico Municipal de Taubaté Felix Guisard Filho em parceria com a Oficina de Teatro do Centro Cultural Toninho Mendes, de Taubaté e com a TV UNITAU, pretende dar “voz” a esses documentos, com o lançamento do projeto “Vozes do Passado”. Trata-se de uma leitura dramatizada, de 2 documentos pertencentes ao arquivo. Esse projeto visa difundir parte de seu acervo documental, apresentando documentos com datas, conteúdos e objetivos diferentes, fazendo com que a comunidade conheça, e consequentemente, desperte o interesse e incentive a busca às fontes e a pesquisa.

07/06/2018
O Arquivo Histórico Municipal Felix Guisard Filho apresenta a exposição “Taubaté nos mapas”, um conjunto de mapa...
04/06/2018

O Arquivo Histórico Municipal Felix Guisard Filho apresenta a exposição “Taubaté nos mapas”, um conjunto de mapas (reproduções e originais) dos séculos XVIII ao XX. Os mapas da exposição pertencem aos livros “Mapas: imagens da formação territorial brasileira”, “Leituras Cartográficas Históricas e Contemporâneas”, “Mapas Históricos Brasileiros”, reprodução do acervo do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB-USP) e Arquivo Público Municipal de Taubaté Felix Guisard Filho.

A cartografia apresentada abrange os séculos XVIII ao XX e consiste em 4 reproduções de mapas de livros cartográficos que retratam a região do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais entre os séculos XVIII e XIX, 1 reprodução do mapa de Taubaté de Arnaud Julien Palliere, de 1821 e 4 mapas originais do século XX da cidade de Taubaté.

Essa exposição tem o objetivo de oferecer ao público uma oportunidade de conhecer um pouco da cartografia dos séculos XVIII ao XX, abordando o aspecto histórico, territorial e urbanístico de Taubaté, como forma de conhecimento e valorização da sua História.

Serviço
Exposição “Taubaté nos mapas”
De 04 a 29 de junho
Visitação: segunda a domingo, das 08h as 17h

Área de Museus, Patrimônio e Arquivo Histórico
Av. Thomé Portes Del Rey, 925 – Jardim Ana Emília
12 3625-5059/ 12 3621-6044

Área de Museus, Patrimônio e Arquivo Histórico
31/05/2018

Área de Museus, Patrimônio e Arquivo Histórico

04/06/2018 a 29/06/2018
8h às 17h
Exposição: Taubaté nos mapas. O Arquivo Histórico Municipal Felix Guisard Filho apresenta a exposição “Taubaté nos mapas”, um conjunto de mapas (reproduções e originais) dos séculos XVIII ao XX. Os mapas da exposição pertencem aos livros “Mapas: imagens da formação territorial brasileira”, “Leituras Cartográficas Históricas e Contemporâneas”, “Mapas Históricos Brasileiros”, reprodução do acervo do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB-USP) e Arquivo Público Municipal de Taubaté Felix Guisard Filho. A cartografia apresentada abrange os séculos XVIII ao XX e consiste em 4 reproduções de mapas de livros cartográficos que retratam a região do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais entre os séculos XVIII e XIX, 1 reprodução do mapa de Taubaté de Arnaud Julien Palliere, de 1821 e 3 mapas originais do século XX da cidade de Taubaté. Essa exposição tem o objetivo de oferecer ao público uma oportunidade de conhecer um pouco da cartografia dos séculos XVIII ao XX, abordando o aspecto histórico, territorial e urbanístico de Taubaté, como forma de conhecimento e valorização da sua História.

07/06/2018
19h
Lançamento: Vídeo institucional - Projeto Vozes do Passado. Os documentos registraram o cotidiano, os costumes, os desejos de pessoas que viveram antes de nós. Guardados em Arquivos Históricos, eles estão “silenciados”, esperando por algum pesquisador que queira “dar voz” a esses personagens da História.
Inspirados no Projeto “Cartas de arquivo”, do Arquivo Nacional, o Arquivo Histórico Municipal de Taubaté Felix Guisard Filho em parceria com a Oficina de Teatro do Centro Cultural Toninho Mendes, de Taubaté e com a TV UNITAU, pretende dar “voz” a esses documentos, com o lançamento do projeto “Vozes do Passado”. Trata-se de uma leitura dramatizada, de 2 documentos pertencentes ao arquivo. Esse projeto visa difundir parte de seu acervo documental, apresentando documentos com datas, conteúdos e objetivos diferentes, fazendo com que a comunidade conheça, e consequentemente, desperte o interesse e incentive a busca às fontes e a pesquisa.

09/06/2018
9h às13h
Oficina: O uso de documentos de arquivo na pesquisa Histórica. Ministrada pela professora dra. Maria Fátima de Melo Toledo, docente da UNITAU. Possui Graduação (1997), Mestrado (2000) e Doutorado (2006) em História Social pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente é professora das disciplinas História da América, História da África e História Ibérica no Departamento de Ciências Sociais e Letras da Universidade de Taubaté. Tem experiência em pesquisa histórica, atuando, principalmente, nas áreas de História do Brasil Colonial e Independente.


04/06/2018 a 29/06/2018
8h às12 e 13h às 17h
Visitação: Visita monitorada pelo Arquivo Histórico Municipal de Taubaté.

Área de Museus, Patrimônio e Arquivo Histórico
30/05/2018

Área de Museus, Patrimônio e Arquivo Histórico

Oficina: O uso de documentos de arquivo na pesquisa Histórica. Ministrada pela professora dra. Maria Fátima de Melo Toledo, docente da UNITAU. Possui Graduação (1997), Mestrado (2000) e Doutorado (2006) em História Social pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente é professora das disciplinas História da América, História da África e História Ibérica no Departamento de Ciências Sociais e Letras da Universidade de Taubaté. Tem experiência em pesquisa histórica, atuando, principalmente, nas áreas de História do Brasil Colonial e Independente.

Oficina: O uso de documentos de arquivo na pesquisa Histórica. Ministrada pela professora dra. Maria Fátima de Melo To...
30/05/2018

Oficina: O uso de documentos de arquivo na pesquisa Histórica. Ministrada pela professora dra. Maria Fátima de Melo Toledo, docente da UNITAU. Possui Graduação (1997), Mestrado (2000) e Doutorado (2006) em História Social pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente é professora das disciplinas História da América, História da África e História Ibérica no Departamento de Ciências Sociais e Letras da Universidade de Taubaté. Tem experiência em pesquisa histórica, atuando, principalmente, nas áreas de História do Brasil Colonial e Independente.

Endereço

Avenida Thomé Portes Del Rey
Taubaté, SP
12070610

Telefone

(12) 3621-6044

Notificações

Seja o primeiro recebendo as novidades e nos deixe lhe enviar um e-mail quando Área de Museus, Patrimônio e Arquivo Histórico posta notícias e promoções. Seu endereço de e-mail não será usado com qualquer outro objetivo, e pode cancelar a inscrição em qualquer momento.

Entre Em Contato Com O Museu

Envie uma mensagem para Área de Museus, Patrimônio e Arquivo Histórico:

Vídeos

Categoria

Museus nas proximidades


Outra Museus de história em Taubaté

Mostrar Tudo